Curso de Blues no Teclado Aprenda a tocar Blues no Teclado, sem sair de casa, no horário que desejar.

Ebook Grátis Teclado Para você dar os seus primeiros passos nas teclas.

PORQUE NÃO CONSIGO IMPROVISAR?

Aprendi escalas, sei tocar frases decoradas, sei tocar arpejos, mas quando vou improvisar não consigo criar nada legal. Será que não estão faltando conceitos básicos?

Nós vamos falar sobre 3 erros que o iniciante comete, e 3 conceitos que ele desconhece.

Vamos começar pelos 3 erros:

  1. Não saber tocar a base
  2. Não saber localizar as tônicas do acorde
  3. Não saber analisar o tom da canção

1 - Não saber tocar a base

Imagine que você vai construir uma casa? Você começa a casa pelo alicerce ou pelo teto?

Se você respondeu teto, eu não vou querer visitar a sua casa.

Pense a escala como o teto e a base, os acordes, como o alicerce.

Não adianta você decorar escalas e não saber tocar os acordes da base que você vai improvisar. A primeira coisa que você tem de fazer antes de improvisar é tocar exaustivamente a base, até que a sequência de acordes sobre a qual você vai improvisar esteja na cabeça, como se você estivesse ouvindo ela.

Outra dica de que adianta você improvisar sobre uma base de acordes que você não sabe tocar? Portanto é melhor que você comece por uma base que você conheça todos os acordes.

2 - Não saber localizar as tônicas do acorde

Outro erro comum é não saber localizar as tônicas dos acordes da base. A escala é apenas uma ponte que liga uma nota até outra, mais nada. Agora se eu conseguir usar a escala para ligar as tônicas de cada acorde, eu vou começar a criar melodias.

Portanto aprendeu a tocar a base, seu próximo passo é localizar as tônicas dos acordes tocados dentro da escala. No começo você tem de parar e procurar no instrumento, mas com o tempo você fará isso intuitivamente.

3 - Não saber localizar o tom da canção

Não adianta você aprender teoria e não aplicar.

Como é que eu descubro tom de uma canção?

Simples, sabendo montar o campo harmônico. Mas não adianta você entender o campo harmônico e não aplicar.

E como eu aplico?

Mais simples ainda, para cada canção que você toca, monte o campo harmônico e depois confira se todos os acordes batem. Com o tempo você vai saber fazer isso de forma automática. Mas no começo não tem outro jeito, você tem de escrever. Quando você fala para alguém escrever hoje em dia, parece que você está falando uma heresia.

Aí eu pergunto pra você, como você vai improvisar, se você nem sabe se está tocando no tom certo?

Agora vamos falar sobre os 3 conceitos que muitos iniciantes desconhecem:

  1. Motivo
  2. Frase Suspensiva
  3. Frase Conclusiva

1 - Motivo

Quando alguém começa a improvisar, adora falar nomes de escalas: escala maior, escala pentatônica, pentablues, menor harmônica, modos gregos, HipermegasuperMixolídio...

Mas não sabe o que é um motivo melódico. E aí eu lhe pergunto se você não sabe do que é feito uma melodia, de que adianta saber escala?

O motivo é a menor célula de uma melodia mas talvez seja a mais importante. Ela tem mais a ver com o ritmo da melodia.

Ouça o seguinte ritmo:

Agora que você memorizou esse ritmo, ouça essa canção:

Beethoven criou essa música, baseado em motivos. Então perceba que ao improvisar você deve primeiramente ter um motivo na cabeça. Vamos dar um exemplo:

2 – Frase suspensiva

Improvisar é a capacidade de contar uma estória usando as notas. Isso tem de ficar claro na sua cabeça, não tem nada a ver com saber escala. Escala é apenas uma ferramenta. Um martelo não constrói uma casa, mas ajuda. Isso é uma escala.

Se eu tenho de contar uma estória, eu tenho de montar frases. Normalmente frases tem de 4 a 8 compassos.

A frase suspensiva é aquela que termina uma idéia mas não encerra o assunto. Pense a frase suspensiva como o ponto e vírgula.

Ouça a melodia:

Percebe como essa melodia lhe deixa a sensação de que não se encerrou o assunto? Isso é uma frase suspensiva.

3 – Frase Conclusiva

Se a frase suspensiva deixou a sensação de que o assunto não foi encerrado, eu preciso de uma frase que encerre o assunto, essa é a chamada frase conclusiva.

Ouça a melodia:

Percebe como agora eu tenho a sensação de fim de assunto, poderia fazer uma analogia com o ponto final.

Ouça agora as duas frases juntas:

Percebeu como os 3 conceitos estão presentes?

Antes de improvisar tenha claro os conceitos de melodia, conheça os acordes sobre os quais você vai improvisar, aprenda a localizar tônicas. Valorize o simples que você chegará ao sofisticado.

Deixe o seu curtir, compartilhe e Beijo nas crianças.

Sobre nós:

A Primeiros Acordes tem como objetivo ensinar você a aprender a tocar no conforto de sua casa, com aulas, cursos, vídeo-aulas, métodos voltados para o aprendizado online.

Contato

Primeiros Acordes

Email: marcos.dupra@globo.com

Horário: 9:00 ás 18:00 hs

Não temos loja física